O QUE CAUSA O ECZEMA?
COMO O EVITAR?

O eczema atópico é transmitido entre gerações: Isto porque contém uma componente hereditário. Se houver membros na sua família com eczema atópico, isso irá apenas significar que a sua pele é menos eficaz na produção de substâncias oleosas hidratantes, o que a irá deixar muito seca. Porque é que isto constitui um problema? A sua pele fica mais vulnerável a um sem fim de agentes alergénicos e irritantes, que podem penetrar na mesma e causar inflamações e comichão intensa.

AS SUAS PERGUNTAS
AS NOSSAS RESPOSTAS

1 quote-marks

Qual é o aspeto do eczema?

Nos bebés, o eczema causa placas vermelhas de descamação rugosa, particularmente nas bochechas e queixo. Em crianças e adultos, as placas aparecem essencialmente no pescoço e nas dobras de pele - em torno dos cotovelos, pulsos e atrás dos joelhos. As placas do eczema podem ser agravadas ou até sangrar, pelo ato de coçar.

Saiba mais

Gostou desta resposta?

1 quote-marks

O eczema é uma alergia?

O eczema não é uma alergia, é uma doença atópica. Está associado a alergias e outras doenças atópicas, como a asma e a rinite. No eczema, a barreira protetora da pele está enfraquecida, permitindo que alergénios e agentes irritantes penetrem, resultando em prurido, secura, descamação, etc.

 


Saiba mais

Gostou desta resposta?

1 quote-marks

Como posso acabar com o eczema?

A base do tratamento do eczema são os cremes corticosteroides durante as crises agudas (privilegiando os de menor potência possível, e nunca no rosto) e um tratamento de manutenção com produtos substitutos do sabão para limpeza e a aplicação regular de cremes emolientes.  

 

 

Saiba mais

Gostou desta resposta?

1 quote-marks

Como é que o eczema se transmite?

O eczema é uma doença genética hereditária. A pele fica seca com a barreira enfraquecida contra alergénios e agentes irritantes que penetram na pele e causam processos de inflamação. O eczema pode ser desencadeado pelos ácaros do pó.

 


Saiba mais

Gostou desta resposta?

1 quote-marks

O eczema causa comichão?

Sim! A comichão, ou prurido, é um dos principais sintomas do eczema. No entanto este sintoma pode ser prevenido através da utilização de substitutos do sabão e da aplicação de cuidados emolientes duas vezes por dia.

 


Saiba mais

Gostou desta resposta?

VERDADEIRO
OU FALSO

O ECZEMA, A ATOPIA
E A HISTAMINA

O eczema também é uma condição “atópica” que costuma fazer-se acompanhar de problemas como a febre dos fenos, a asma e as alergias alimentares. Os indivíduos com atopia possuem uma predisposição genética para a produção de um tipo de anticorpo chamado de IgE, responsável por causar reações alérgicas em diferentes partes do corpo como os olhos, o nariz, os pulmões, o intestino e a pele. Pensa-se que estes anticorpos tenham uma função ativa no eczema atópico, pelo desencadeamento da libertação de histamina.

O ECZEMA ATÓPICO E
O CICLO VICIOSO DA COMICHÃO

A histamina é a “hormona da comichão” do corpo. Quando esta substância é libertada pelos mastócitos na pele, gera-se uma sensação de comichão imediata. E, como é óbvio, com a comichão vem a vontade automática de coçar. No entanto, quanto mais se coça, mais se quebra a barreira existente à superfície da pele, levando a uma penetração ainda maior dos alergénios e consequente comichão. Isto é conhecido como o ciclo da comichão e as crianças com tendência para eczema atópico podem ser particularmente afetadas.

Um aspeto essencial da gestão da pele com tendência para o eczema atópico é a prevenção deste ciclo vicioso, através da aplicação regular de um emoliente. Na secção abaixo ficará a saber mais sobre as principais soluções existentes para a pele com tendência para o eczema atópico

A FUNÇÃO DO MICROBIOMA
NA PELE COM TENDÊNCIA PARA O ECZEMA ATÓPICO

Para lá da secura, da atopia e do ciclo vicioso da comichão, investigações recentes revelaram que existe um fator inesperado envolvido no eczema atópico: o “microbioma” da pele. O microbioma da pele é o conjunto dos microrganismos que vivem na sua superfície (pense neles como amigos, e não como bicharada).

Sabia que? Na pele saudável, o microbioma é como uma chuva tropical: florescente de biodiversidade. Por seu turno, na pele com tendência para o eczema atópico, esta biodiversidade é escassa e o microbioma está desequilibrado.

Esta fantástica descoberta abriu as portas para uma nova era de cuidados prébióticos para a pele com tendência para o eczema atópico, tirando partido das propriedades prébióticas únicas da água termal.

É possível prevenir o eczema? Sim e não. Muitos dos fatores envolvidos na origem do eczema são genéticos, tais como uma deficiência na função de barreira da pele e a propensão para a atopia. Recentemente, estudos clínicos inéditos demonstraram que a utilização de emolientes nas primeiras três semanas de vida reduz o risco de desenvolvimento de pele com tendência para o eczema atópico em 50%.*

Se existirem casos de dermatite atópica ou eczema na família, terá maior probabilidade de desenvolver eczema. Porém, isto não o impede de agir: com os cuidados certos, sintomas tais como a comichão podem ser rapidamente minimizados.

Para gerir a pele com tendência para o eczema atópico, utilize um substituto do gel de banho ou Lipikar Syndet no duche e aplique um emoliente duas vezes ao dia. Estes dois passos fazem maravilhas para a prevenção do reaparecimento dos problemas de pele. Poderá obter informações mais detalhadas acerca de soluções específicas para a pele com tendência para o eczema atópico na subsecção seguinte.

Nos artigos que se seguem é abordado o tema da pele muito seca, como cuidar e prevenir este tipo de pele (com uma explicação sobre a diferença entre pele seca e eczema), incluindo informações acerca de outras causas inesperadas do eczema atópico, tais como a poluição. Disponibilizámos também um artigo para partilhar com o seu filho com tendência para o eczema atópico, com conselhos sobre como evitar o ciclo vicioso da comichão e os motivos pelos quais um Stick neutralizador da comichão pode ser o seu novo melhor amigo!

*“Emollient enhancement of the skin barrier from birth offers effective atopic dermatitis prevention”, J ALLERGY CLIN IMMUNOL, VOLUME 134, NUMBER 4.

ícone ponto de interrogação

Sabia
que...?

DidYouKnow_Desktop_1

De todas as patologias, a atopia é a problemática com o 2.º maior impacto na qualidade de vida, sobretudo devido ao seu efeito na perda de sono.

Saiba mais

Fonte: Estudo comparativo sobre o comprometimento da qualidade de vida em crianças com doenças de pele vs crianças com outras doenças crónicas. - "A comparative study of impairment of quality of life in children with skin disease and children with other chronic childhood diseases." P.E. Beattie* and M.S. Lewis-Jones. Department of Dermatology, Ninewells Hospital, Dundee DD1 9SY, U.K.*Royal Hospital for Sick Children, Yorkhill, Glasgow, U.K.

OS NOSSOS
COMPROMISSOS DE SEGURANÇA

Exigências de seguranças para além das regulamentações internacional para os cosméticos.

laroche posay safety commitment product allergy tested model close up

PRODUTOS 100%
TESTADOS CONTRA ALERGIAS

Ver mais
Um pré-requisito = zero reações alérgicas
Se detetarmos um único caso, regressamos ao laboratório e reformulamos
laroche posay safety commitment formula protection product head

CONSERVAÇÃO DA FÓRMULA
AO LONGO DO TEMPO

Ver mais
Selecionamos apenas os conservantes estritamente necessários associados às embalagens mais protetoras para garantir a tolerância intacta e a eficácia do produto ao longo do tempo.
laroche posay safety commitment essential active dose product head

APENAS O ESSENCIAL,
NA DOSAGEM CERTA

Ver mais
Desenvolvidos em colaboração com dermatologistas e toxicólogos, os nossos produtos contêm apenas os ingredientes necessários, na dose ativa ideal.
laroche posay safety commitment sensitive skin model baby

TESTADOS
EM PELE MUITO SENSÍVEL

Ver mais
A tolerância dos nossos produtos é verificada na pele mais sensível: reativa, alérgica, propensa ao acne, atópica, danificada ou fragilizada por tratamentos oncológicos.

CAROS
LEITORES

As informações aqui apresentadas destinam-se unicamente a fins educativos gerais e não devem, em circunstância alguma, substituir o aconselhamento médico. Deverá sempre dirigir-se a um profissional de saúde qualificado, caso tenha qualquer questão médica.