Centre-se em ...

Sensação de calor, eritrose, rosácea: quando os vasos da pele estão fragilizados

Resources\Visuels\V4\Headers\Articles\INT\v_header_focuson_default.jpg

A pele fina é particularmente vulnerável à vermelhidão. Para evitar que este problema permaneça indefinido, urge fazer-se o diagnóstico.

Sintomas

Manifestações cutâneas a vigiar

1.4b Focus on - Flushing, erythrosis, blotchiness and rosacea_illu 1

A pele particularmente frágil pode apresentar sensações de calor e vermelhidão. Com o tempo, as vermelhidões tornam-se mais persistentes. Instalam-se, podendo nunca mais desaparecer… Consoante o grau de vermelhidão, os sintomas diferem:

  • Vermelhidão passageira ou sensações de calor.
  • Vermelhidão difusa permanente. Trata-se de eritrose, frequentemente localizada nas maçãs do rosto.
  • Pequenos vasos visíveis. Trata-se de um agravamento da eritrose - rosácea.
    pontos vermelhos (por vezes "com cabeça branca").
    Pode tratar-se de uma rosácea inflamatória.

Causas

A causa de todos os tipos de vermelhidão é a hiperatividade dos vasos sanguíneos.

Quando os vasos sanguíneos dilatam rapidamente, surge a vermelhidão na superfíce da pele: isto é o rubor. Depois, os vasos voltam à normalidade. Mas, a longo prazo, este fenómeno agrava-se e os vasos cada vez mais dilatados tornam-se visíveis a olho nu, havendo o risco de a vermelhidão se tornar permanente. Diferentes fatores podem contribuir para o aparecimento e agravamento da vermelhidão:

  • Fatores externos, como raios UV, poluição, clima, alimentação e stresse, aceleram a micro-circulação da pele.
  • Fatores internos, como as emoções, o consumo de café ou as especiarias.
  • Hereditariedade: a vermelhidão pode ocorrer nas pessoas com uma pele vasorreativa, uma característica da pele que pode ter origens familiares...
  • Envelhecimento da pele: a partir dos 25 anos, a pele torna-se mais sensível à vermelhidão.

Cuidados

Neutralizar a vermelhidão nas peles sensíveis.

Certos ingredientes adequados para peles sensíveis podem ser encontrados na dermocosmética, como é o caso da:

  • Vitamina C, que fortalece a pele para a proteger dos irritantes externos e das oscilações climáticas.
Para combater a vermelhidão, a sua rotina de cosmética deve obviamente ser adaptada:
  • Utilize desmaquilhantes sem enxaguar e evite limpar o rosto com água.
  • Aplique diariamente hidratantes anti-vermelhidão.
Os dermatologistas também podem prescrever antibióticos locais (cremes, emulsões, etc.) ou antobióticos orais ou, inclusivamente, recomendar tratamentos laser para a vermelhidão persistente.

Por último, recomenda-se tomar determinadas precauções diárias:
  • Tenha cuidado com a sua alimentação e limite o consumo de álcool, alimentos condimentados, café, etc...
  • Proteja-se das oscilações climáticas evitando mudanças súbitas de temperatura e utilizando produtos de cuidado de pele com protetor solar.
Em qualquer caso, aconselhamos a consulta de um dermatologista o mais breve possível após o aparecimento da vermelhidão.

  • Facebook
  • Pin

Recomendada para si

See all articles