Testemunhos

"Já não poupo na protecção!", Laura, 19 anos, estudante em França.

Resources\Visuels\V4\Headers\Articles\INT\v_header_testimonies_default.jpg

Laura tem a pele clara, particularmente susceptível a queimaduras solares (escaldões). Decidiu consultar um dermatologista para aprender a proteger-se melhor. Desde então, aproveita os benefícios do Sol sem correr riscos. Deixou-nos o seu testemunho.

Contexto

Laura, como surgiram as suas queimaduras solares?

No Verão passado. Fui de férias para a praia e como queria bronzear-me, expus-me ao Sol desde o início das férias, sem cuidado nenhum. Cheguei mesmo a aplicar óleo na pele e deixar-me esturricar ao Sol todo o dia… Resultado: fiquei com queimaduras solares dolorosas e vermelhas na pele. Um verdadeiro desastre!

Sintomas

O que sentiu?

A minha pele ardia e começou mesmo a pelar. Fui obrigada a aplicar cremes reparadores com regularidade para apaziguar a pele. Foram precisos vários dias para conseguir apaziguar a vermelhidão. No Verão seguinte, jurei não voltar a cometer o mesmo erro! Antes de ir de férias, decidi consultar um dermatologista.

A solução

O que o dermatologista a aconselhou?

Recomendou-me aplicar um produto solar com índice de protecção elevado, renovar a aplicação a cada 2 horas e após cada banho, para uma protecção eficaz. Em termos mais gerais, evitar expor-me ao Sol nas horas de maior intensidade solar e usar chapéu! Graças a estes pequenos gestos, consegui bronzear-me sem qualquer queimadura solar! Apartir de agora, não poupo na protecção!"

  • Facebook
  • Pin

Recomendada para si

See all articles