3 questões ao Especialista

Em caso de desordens pigmentares, deve ter-se especial atenção aos cuidados do rosto

Resources\Visuels\V4\Headers\Articles\INT\v_header_3questions_default.jpg

No rosto, as manchas brancas (vitiligo), bem como as manchas pigmentadas (melasma, cloasma…), são frequentemente inestéticas. As bases habituais não são suficientemente eficazes para corrigi-las. Que tipo de maquilhagem propor? Como aplicar? O conselho de um dermatologista.

1. Que tipo de precauções sugere para a maquilhagem das desordens pigmentares?

Quer se trate de uma hipopigmentação ou de uma hiperpigmentação, uma desordem pigmentar pode agravar-se quando a pele sofre agressões.

É preciso estar muito atento aos cuidados do rosto. A desmaquilhagem deve ser efectuada com suavidade e com um produto não irritante, aplicado com um algodão. O produto de maquilhagem deverá ter uma textura fina, para que seja fácil de aplicar e de desmaquilhar.

2. Existem produtos de maquilhagem correctora com uma textura fina?

Sim, são produtos de maquilhagem destinados à correcção de imperfeições.

Designam-se  "bases correctoras"; são mais ricas em pigmentos do que as bases clássicas, o que proporciona uma melhor cobertura/correcção. Apresentam uma estrutura suave, para que sejam fáceis de aplicar. Para além disso, são formuladas para um tipo de pele alterada, não representando qualquer risco de alergia ou irritação.

3. Existe alguma técnica específica para maquilhar este tipo de lesões?

Não deve tentar uniformizar-se a pele do rosto: o resultado não seria natural.

Na maquilhagem de desordens pigmentares utilizo 2 tonalidades: uma clara e outra escura. Aplico-as através de toques leves e curtos com a ajuda da pontas dos dedos (base clara na pele escura e base escura na pele clara), alternando entre as 2 bases.

  • Facebook
  • Pin

Recomendada para si

See all articles