Testemunhos

"Felizmente, o eczema do Hugo acabou por ser reabsorvido"

Resources\Visuels\V4\Headers\Articles\INT\v_header_testimonies_default.jpg

Os primeiros sinais da dermatite atópica de Hugo surgiram perto dos 4 meses de idade. O pai dele também sofreu de eczema, em pequeno. Seguidos os conselhos do dermatologista, a dermatite atópica acabou por ser reabsorvida. A sua mãe, Delfina, conta-nos as dificuldades com que se depararam.

Contexto

Delfina, quando surgiu a dermatite atópica do seu filho?

Cerca dos 4 meses de idade. Até essa altura, o nosso filho exibia uma bonita pele de bebé, suave e lisa. Eu nunca tive eczema, mas o meu marido sim, sofreu durante muito tempo. Quando viu as placas vermelhas surgir no rosto e nos cotovelos do Hugo, identificou de imediato como eczema. Hugo começou a coçar-se e a pele do seu corpo a ficar extremamente seca. Afinal, era mesmo dermatite atópica.

Sintomas

O eczema atópico do Hugo era incomodativo?

Muito. Inicialmente, trata-se de um incómodo estético. A ele, não lhe fazia muita diferença. No entanto, eu e o meu marido ficávamos muito magoados quando as pessoas faziam comentários na rua ou olhavam-no de forma estranha. Quando cresceu, tornou-se complexado com as suas crostas. Os colegas da escola gozavam com ele. A comichão não o deixava ter uma noite descansada ... por vezes, coçava-se até sangrar!

A solução

Conseguiu encontrar um tratamento eficaz?

Seguimos rigorosamente os conselhos do dermatologista. Tentámos reduzir ao máximo a exposição aos ácaros, aos pêlos dos animais, ao bolor… Lavávamos frequentemente os tapetes, os peluches, as cortinas. Na sua higiene diária, utilizámos sempre produtos de higiene suaves, sem sabão e sem perfume, para reduzir o desconforto cutâneo. Certificámo-nos sempre que a sua pele estivesse bem hidratada. Felizmente, a dermatite atópica de Hugo acabou por ser reabsorvida por volta dos 10 anos. Quando pensamos nisso... foi um verdadeiro quebra-cabeças!

  • Facebook
  • Pin

Recomendada para si

See all articles