Testemunhos

"Finalmente, consegui livrar-me da caspa"

Resources\Visuels\V4\Headers\Articles\INT\v_header_testimonies_default.jpg

Por maltratar o cabelo,  Joana viu o seu couro cabeludo ficar cheio de caspa. Aguentou a comichão e o desconforto até que decidiu agir. Com um tratamento anticaspa e cuidados adaptados, conseguiu recuperar um couro cabeludo saudável.

Contexto

Joana, quando lhe surgiu caspa pela primeira vez?

De repente, a caspa tornou-se um inferno para mim. Até aos meus 30 anos, nunca tinha tido este problema. O meu cabelo, castanho e frisado até aos ombros, era saudável. Até que comecei a maltratá-lo … tinha o hábito de mantê-lo apanhado com frequência; não poupava nos brushings: pelo menos dois por semana! Nada muito original, mas sempre sonhei ter o cabelo liso... em vez de frisado.

Sintomas

Tinha muita caspa?

Apenas um pouco, no início. Mas depois, e muito rapidamente, tive a impressão que a caspa invadiu o meu cabelo. Para além disso, nessa altura da vida andava muito cansada e com muito stress. Tinha tanta caspa que tive vergonha de ir ao cabeleireiro. Nem ousava passar a mão pelo cabelo, com medo que a minha roupa ficasse cheia de caspa! Pensei que desaparecesse com a rapidez com que surgiu, mas tal não aconteceu...

A solução

O que decidiu fazer?

Decidir falar com um farmacêutico: aconselhou-me um tratamento anticaspa. Muito rapidamente, vi melhoras. Pouquíssima caspa ou comichão, já conseguia passar as mãos pelo cabelo, sem que caísse uma nuvem de caspa nos ombros. Após algumas aplicações, finalmente consegui livrar-me da caspa. Desde então, continuo a utilizar um cuidado anticaspa de uso frequente... aprendi a gostar do meu cabelo frisado. Prefiro tê-lo frisado do que cheio de caspa!

  • Facebook
  • Pin

Recomendada para si

See all articles