Testemunhos

"Consegui corrigir as minhas manchas castanhas"

Resources\Visuels\V4\Headers\Articles\INT\v_header_testimonies_default.jpg

Aos 38 anos, Florence começou a ter manchas castanhas no rosto e nas costas das mãos. Com a ajuda de um dermatologista e graças a medidas específicas, conseguiu corrigi-las com eficácia

Contexto

Florence, em que contexto surgiram as suas manchas castanhas?

Há alguns anos atrás, começaram a surgir, progressivamente, manchas castanhas no meu rosto e algumas nas costas das mãos. O meu sobrinho, de 5 anos, chegou mesmo a perguntar-me porque razão eu tinha as mãos sujas! Vendo que as manchas pioravam com o tempo, fiquei preocupada.

Sintomas

Como reagiu?

Reagi mal, como se, de repente, a minha pele tivesse envelhecido 20 anos. As rugas são normais: com a minha idade, toda a gente as tem. Mas as manchas, não. Fizeram-me lembrar as marcas que se vêem nas pessoas muito velhas. A verdade é que não é bonito. Decidi agir. Fui a uma consulta de dermatologia, onde me explicaram que este tipo de manchas são frequentes, sobretudo devido à exposição solar regular. O dermatologista prescreveu-me um creme despigmentante, para corrigir as manchas e proteger diariamente a pele do Sol.

A solução

A aplicação do creme despigmentante resultou?

Cumpri 4 meses de tratamento até que as manchas fossem verdadeiramente corrigidas, mas valeu a pena esperar!
Actualmente, continuo a seguir as indicações do dermatologista: tenho receio que o problema possa surgir de novo! Tenho cuidado com o Sol e protejo a minha pele durante todo o ano com um cuidado fotoprotector. Em caso de exposição solar acentuada, utilizo um creme protector solar de índice elevado . E nunca esqueço as mãos! Estou muito feliz por ter conseguido corrigir as manchas castanhas, pois cheguei a pensar que a minha pele já estava condenada!

  • Facebook
  • Pin

Recomendada para si

See all articles