#FreeFromSpots

A nossa dermatologista juntou-se com 15 influencers para desvendarem os mitos sobre a acne

Dicas de especialistas

Mas afinal, em que consiste a acne?

v_article-what_is_acne.jpg

O seu manual da acne: as 6 fases das manchas

Espinhos, manchas, borbulhas... seja que nome for, a acne afeta a maioria dos adolescentes e uma boa quantidade da população adulta. Esta condição tão maligna conduz ao aparecimento de diferentes tipos de manchas no rosto, costas ou pescoço mas qual é a verdadeira causa da acne e como é que tudo funciona?

A biologia por trás da mancha.

Passo 1:

A acne é uma condição de pele que ocorre devido às alterações dos níveis hormonais, particularmente na puberdade e durante a adolescência. As hormonas conhecidas por andrógenos comunicam com as glândulas que secretam sebo para o interior de pequenas aberturas na pele denominadas folículos.


Na sua essência, a acne corresponde a um mau funcionamento entre a glândula e o folículo.  Normalmente, o sebo protege a pele com uma camada à prova de água mas as alterações hormonais provocam um excesso de produção de sebo, tornando a pele bastante mais oleosa.

Passo 2:

As alterações ocorrem nas células na superfície da pele e também no revestimento dos folículos. A camada superior da pele torna-se mais espessa e pegajosa sob a influência das mesmas hormonas.  Resultado?

Passo 3!

Os folículos ficam obstruídos com uma mistura pegajosa de células e sebo. Formam-se pontos negros, quando esta mistura escurece em contacto com o ar, ou pontos brancos, quando selada abaixo da superfície.

Pronto(a) para o passo 4?

É aqui que entra uma bactéria irritante chamada P.Acnes. Multiplica-se em ambientes sem ar, como os poros obstruídos, e provoca inflamação. Consequências: manchas vermelhas com relevo, pústulas ou até lesões mais profundas designadas por nódulos ou quistos.

Passo 5

é a operação de limpeza. Entram as células que lidam com a remoção de resíduos designadas por macrófagos, eliminando os tecidos danificados e estimulando a pele para que possa finalmente começar a reparar os danos. Este processo leva entre dias e semanas, dependendo do nível de gravidade.

Passo 6

é especial.  É aqui que recuperamos o controlo. Com o tratamento correto, conseguimos lidar com cada uma das fases acima referidas. Não o faça sozinho(a): procure o aconselhamento profissional do seu médico ou farmacêutico.

  • Facebook
  • Pin