#FreeFromSpots

A nossa dermatologista juntou-se com 15 influencers para desvendarem os mitos sobre a acne

Dicas de especialistas

Acne na cidade: por que razão o sol, o stresse e a poluição são os novos inimigos da beleza?

v_article-acne_city.jpg

Sobrecarregados, privados de sono e levados a realizar um excesso de tarefas múltiplas, os habitantes das cidades estão habituados a ver ao espelho feições cansadas e uma tez baça. Mas sabias que o ambiente da cidade também pode agravar a tua acne? Eis como o sol, o fumo e o stresse formam uma equipa nada amiga da sua tez e conhece algumas dicas sobre como combater e travar a acne provocada pela cidade!

As partículas da poluição urbana conseguem penetrar na sua pele

Uma das principais causas de problemas de pele na cidade é a poluição.  Pequenas partículas de pó conhecidas como PM 2.5 conseguem penetrar a barreira protetora da pele e causar estragos. Despoletam uma reação em cadeia que começa pela oxidação do sebo na superfície da pele, seguida de um aumento de produção de óleo e uma hiperqueratose - um número elevado de células mortas na superfície.


A conclusão? Os pontos negros agravam-se e surgem novas manchas.


Todos falam dos perigos da poluição mas qual o tipo de cuidado diário que ajuda a pele a se proteger? As texturas anti-adesão que atuam para impedir que as partículas de pó se consigam fixar na pele e de causar estragos são um bom começo.

A exposição solar pode agravar a acne - mesmo que tenhas sempre pensado o contrário!

A luz UV é outro inimigo da beleza (sim, um dia de sol nem sempre é benéfico!) Na verdade, um mito sobre as manchas que simplesmente não desaparece é que a luz do sol é um salvador da pele propensa aa acne.  Errado! A muito curto prazo, um bronzeado pode tornar a tua pele mais uniforme  mas o efeito de secura causado pelo sol leva a pele a aumentar a sua produção de sebo após as férias.  A oleosidade combinada com um espessamento da camada superior da pele entope os poros e impede o sebo de sair corretamente.


A conclusão? O sol altera o comportamento da pele, tornando-a mais propensa aa acne.


A pele necessita de uma proteção específica para se proteger dos raios UV.  O primeiro passo? Uma proteção UV de largo espetro que proteja dos raios UVA e UVB. Opte por um fluido, sem óleo e texturas não comedogénicas.

O stresse agrava as peles propensas a manchas

As horas longas, os exames ou prazos, um ambiente altamente competitivo... Já reparou que a sua tez tende a sofrer quando as coisas começam a apertar? Não está sozinho(a). A investigação científica comprovou uma ligação entre níveis elevados de stresse e o agravamento da acne.(1) A verdade é que os médicos ainda não descobriram as consequências exatas do efeito do stresse mas pensa-se que está relacionado com as hormonas do stresse que fazem com que as glândulas sebáceas produzam excesso de sebo, transformando a pele num local de reprodução de bactérias.


A conclusão? Não estás a imaginar: o stresse é um verdadeiro despoletador da acne.  No que diz respeito ao stresse na cidade, cada pessoa precisa de encontrar a sua própria forma de descomprimir: sair com amigos, ir ao ginásio ou simplesmente manter-se distante da televisão - encontra tempo para ti mesmo(a)... a tua pele irá agradecer!

(1) Acta Derm Venereol. 2007;87(2):135-9. Estudo sobre stresse psicológico, produção de sebo e acne vulgaris em adolescentes.  Yosipovitch G, Tang M, Dawn AG, Chen M, Goh CL, Huak Y, Seng LF.

  • Facebook
  • Pin